domingo, 22 de novembro de 2009

Hoje eu só queria te encontrar quando chegar em Londrina. Queria poder dizer:

- Viu, fedo? Passou tão rapidinho que nem deu tempo de você sentir a minha falta!

Queria muito, coisa bonita... porque eu tô morrendo, fedo! Tô morrendo de saudades e não sei como lidar com toda essa falta dentro de mim.

Me espera acordado? Com os anjos.

2 comentários:

KleytonSaito disse...

"A saudade eterniza a presença de quem se foi. COm o tempo esta dor se aquieta, se transforma em silencio que espera, pelos braços da vida um dia reencontrar. Como é bom contemplar o céu, interrogar uma estrela e pensar que ao longe, bem longe, um outro alguem contempla este mesmo céu, essa mesma estrela e murmura baixinho:'Saudade!'...A saudade é a maior prova de que o passado valeu a pena. Guarde-a na lembrança e nao deixe por nada que ela fuja de ti..."....

♥ ♥ ♥ ♥

Sua menina disse...

E como valeu a pena, Kreitu... é por isso que a saudade é tão doída!