quinta-feira, 5 de agosto de 2010

fala-se de paz.




'Costumamos esquecer que não podemos impedir a mudança;
tudo dança a coreografia sábia e implacável da impermanência.
Mas a música daquilo que verdadeiramente nos toca com amor,
não importa o quanto tudo mude - e tudo muda -,
não deixa nunca mais de tocar e viver,
de algum jeito, no nosso coração.'

Ana Jácomo





Lembra do meu medo? De te esquecer um dia ou de, de repente, você se transformar numa lembrança vaga pra mim? Lembra? Hoje não tenho mais ele. Porque hoje, repentinamente, me veio a certeza de que toda a boniteza que tem aqui dentro desse coração assustado veio e vem de você. Talvez seja a paz voltando com a calmaria. Talvez seja o coração compreendendo o essencial. Talvez seja o amadurecimento trazendo a compreensão daqueles que sabem perder, porque percebem que com isso só ganham. Ganha-se experiência. Ganha-se compaixão. Ganha-se espiritualidade. Ganha-se Deus.

As pessoas podem me olhar com pena, porque nem ligo mais. As pessoas podem me olhar com toda a incredulidade que possuem, embora isso sim me faça ter pena delas. As pessoas podem me olhar admiradas, se perguntando como é que eu consigo, como é que eu sobrevivo, como é que eu ainda sei rir assim, do jeito que sempre soube, como se tudo estivesse bem e em paz.

Aí eu lhes digo: a gente aprende também que riso assim é um trabalho árduo. Não tem nada a ver com alegria ou tristeza. Riso sincero estampado na cara é sinônimo de coração limpo e consciência tranquila. O coração pode estar estourando de dor, mas o riso continuará assim. É a recompensa das pessoas do bem. É uma das maiores riquezas do ser humano. Porque assusta e surpreende todos aqueles que não entendem e se perguntam o tempo todo: como isso é possível?

Não tem nada nesse mundo que faça crescer mais do que a dor. É a mestra mais competente e sábia. Nos dá o aprendizado necessário, embora a gente ache que não mereça tanta dor nem tanto aprendizado. E quem entende isso, não tira nunca mais o riso sincero da cara.

Nenhum comentário: