segunda-feira, 3 de maio de 2010

bate, bate...



*você deveria estar aqui

'Não, não quero mais gostar de ninguém,
porque dói.
Não suporto mais nenhuma morte
de ninguém que me é caro.
Meu mundo é feito de pessoas que são minhas -
e eu não posso perdê-las
sem me perder.'

Clarice Lispector





Clarice explica.

Já me perdi ferozmente, continuo perdida passivamente e só Deus sabe se um dia me encontrarei novamente. Mas tá tudo bem, o coração continua batendo, viu! De um jeito diferente, mas é a batida que importa, não é? Muito menos pela força e muito mais pela persistência. Que a esperança não deixe de dar manivela no coração.

Reza aí, fedo!

2 comentários:

Lia Araújo disse...

Nossa... dói mesmo!

Adorei o novo jeitinho do blog

bjos querida
boa semana

Viviane disse...

Olá.Dificilmente acompanho blogs, mas o seu encontrei por acaso e desde então, sempre dou uma olhada por aqui. Não sei bem o que dizer... mas senti necessidade expressar o quanto você escreve bem. Lindo... tão lindo e intenso quanto o seu amor.

Muita, muita luz pra vocês dois.
Abraços!