domingo, 18 de julho de 2010

juntando os C´s.




'... disfarço bem esta fragilidade cristal que me assola.

de mais a mais é bom estar só.

não tenho mais os ventos.

mas não acabei com a tempestade.'


Cristiane Lisbôa





Hello beibi!

Hoje resolvi juntar os C´s e, quem sabe?, fazer disso um CORAÇÃO bem grandão. Decidi que é e-xa-ta-men-te disto que preciso. Um coração bem grandão. Aí você diria:

- mas teu coração já é bem grandão, mulé...

E eu te digo:

- precisa ser maior, homi meu, muito maior.

Porque só assim, aumentando na largura, na altura e na profundidade, vou conseguir guardar tudo aqui dentro, sem precisa socar pra conseguir fechar o zíper. Sem precisar prender a respiração pra conseguir fechar os botões. Entende?

É que vou te explicar um negócio, subaquento. O meu eu de dentro virou um caos enorme depois que você se foi. Parece que falta espaço no vazio que ficou e eu fico querendo, a todo momento, jogar um montão de coisas fora, pra liberar esse aperto. Tá uma bagunça de dar dó. Faz uns 9 meses que tô tentando organizar isso e não consigo - embora eu saiba que sou péssima para organizar qualquer coisa que seja tratando-se de questões pessoais.

Então, como eu disse, resolvi aumentar o tamanho do coração. Eu não sei muito bem como se faz isso. Talvez seja um trabalho um pouco demorado, que vai doer, mas não vejo a hora de ver essa bola do meu coração do tamanho de um balão.

Aí pode chover, que não vai alagar nem morrer afogado. Aí pode morar aqui dentro quantos bichos, flores e seres humanos que eu quiser, sem que eles sintam-se desconfortáveis pela falta de espaço. Aí posso criar um quarto só teu, onde vou poder guardar todas as suas fotos, quadros, livros e músicas. Sem atrapalhar ninguém que também merece estar no meu coração.

Vai ser bom, não vai? Teus companheiros de coração aqui dentro serão todos bons, prometo. Da melhor espécie que houver. Porque preciso aprender também o desapego. Pra poder devolver ao mundo, sem dó nem piedade, tudo e todos que não prestam. Você vai ver, vai dar tudo certo, nego véio.




'Porque a força de dentro é maior.
Maior que todos os ventos contrários.'


Caio F.



Ps: a Lilica tá tão gorda, fedo, mas tão gorda, que eu acho que nem se aguenta mais. Outro dia ela foi descer do sofá e sabe lá Deus de que jeito ela pulou que gritou até, no maior escândalo. Agora tá mancando e vivendo com cara de dó. Diz pra Meggy dar uns conselhos pra ela, ok?



Nenhum comentário: